Construção verde ignora pandemia e cresce 101% em 3 anos

Entre 180 países, Brasil é o 5º em volume de certificações; obras com selo greenbuilding estão em 31 cidades
8 de dezembro de 2021

Construção verde ignora pandemia e cresce 101% em 3 anos

Construção verde ignora pandemia e cresce 101% em 3 anos 1024 581 Cimento Itambé
Construção verde se democratiza no Brasil e chega às escolas, às casas e aos bairros populares Crédito: MEC

Construção verde se democratiza no Brasil e chega às escolas, às casas e aos bairros populares
Crédito: MEC

Desde 2019, o mercado de construção verde – aquele que busca certificações de sustentabilidade -, já cresceu 101% no Brasil. Em 2019, o setor evoluiu 45%. No ano passado, no auge da pandemia de COVID-19, houve avanço de 28%. Percentual semelhante é projetado pelo Greenbuilding Council Brasil para 2021. Se confirmada a expectativa, o volume de obras com certificação LEED terá dobrado em 3 anos no país.  

Os números foram apresentados pelo diretor-executivo do GBC Brasil, o economista Felipe Faria, na abertura do Greenbuilding Brasil 2021. O evento virtual, realizado entre o final de novembro e a 1ª semana de dezembro, reuniu os principais players da construção sustentável no país. Foi destacado, por exemplo, que a certificação LEED já está presente em 180 países e que o Brasil é o 5º em volume de obras certificadas. 

Felipe Faria lembra ainda que a construção sustentável já consegue quebrar o paradigma de que eleva o custo da construção. “Temos casos de obras com certificação LEED Platinum sem aumento no custo da edificação. Existem outros casos em que o custo da construção foi impactado em 15%, mas esse percentual se diluiu nas eficiências do empreendimento, que reduziram o custo de operação e de manutenção da edificação”, relata. 

Atualmente, há 31 cidades brasileiras com construções que possuem certificação de construção sustentável, das quais 19 estão no interior. Em 2021, entre os vários modelos de selos greenbuilding, cresceu o que busca o Zero Energy. Trata-se de empreendimentos que produzem 100% de toda a energia que consomem. “Existem 80 projetos registrados no Brasil solicitando certificação Zero Energy. Destes, 6 já foram certificados em 2021”, revela o diretor-executivo da GBC Brasil. 

Objetivo central é construir melhor, sem desperdício, em menor tempo e custo menor 

Faria destacou também o volume de projetos de bairros-inteligentes que proliferam em vários estados, alavancando ainda mais o mercado da construção verde. “São bairros projetados que buscam a certificação LEED Communities”, explica o dirigente da GBC Brasil.  

O primeiro a obter o certificado no país está completando um ano. É o Cidade dos Lagos, localizado em Guarapuava, no Paraná. Em Porto Belo-SC, o VivaPark, que tem o projeto arquitetônico e urbanístico assinado por Jaime Lerner (in memorian) é o segundo a ser certificado como bairro-inteligente. “Existem ainda outros 4 empreendimentos com o mesmo perfil em estudo no Brasil”, revela Felipe Faria. 

Além do diretor-executivo do Greenbuilding Council Brasil, o presidente do conselho do GBC Brasil, o arquiteto e urbanista Raul Penteado, também participou da apresentação do Greenbuilding Brasil 2021. Ele deixou claro que o organismo é um parceiro da cadeia produtiva da construção civil e serve como ferramenta para ajudar a “construir melhor”. “Não é apenas construir melhor, mas construir com menos desperdício, em menos tempo, com custo menor e com mais qualidade”, afirma.
   
Para finalizar, Felipe Faria comemorou o fato dos fundamentos da construção verde estarem se democratizando. “O movimento começa a penetrar em diferentes segmentos da sociedade. Não estamos presentes apenas em projetos de edifícios de alto padrão ou grandes empreendimentos corporativos. Estamos chegando nas casas, nas escolas, nos bairros populares e isso é o que impulsiona o crescimento dos conceitos de greenbuilding no Brasil”, conclui. 

Entrevistado
Reportagem com base nos dados apresentados no evento de abertura do Greenbuilding Brasil 2021 

Contato
contato@gbcbrasil.org.br 

Jornalista responsável:
Altair Santos MTB 2330

8 de dezembro de 2021

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil