Concreto sustenta maior ponte pedonal do ocidente

Pilares em “V” suportam estrutura metálica com vão de 516 metros, construída em Arouca, no norte de Portugal 
25 de maio de 2021

Concreto sustenta maior ponte pedonal do ocidente

Concreto sustenta maior ponte pedonal do ocidente 1024 683 Cimento Itambé
Ponte pedonal de Arouca é formada por 127 seções metálicas e suporta simultaneamente 1.825 pessoas Crédito: Itecons

Ponte pedonal de Arouca é formada por 127 seções metálicas e suporta simultaneamente 1.825 pessoas
Crédito: Itecons

Dois grandes pilares de concreto com formato em “V” sustentam a maior ponte pedonal (somente para pedestres) do ocidente, construída em Arouca, no norte de Portugal. As estruturas tem 35,5 metros de altura e cada uma consumiu 1.060 m³ de concreto com mais de 100 MPa de resistência. As fundações dos pilares têm 42 estacas encravadas em rochas e as características especiais do concreto usado na obra se devem às forças dos ventos na região 

ponte pedonal tem vão de 516,5 metros e está a 175 metros de altura, cruzando o vale do rio Paiva. Apesar da finalidade turística, sob o ponto de vista da engenharia é considerada uma das obras modelares da Europa. O projeto foi concebido dentro do Itecons (Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico para a Construção, Energia, Ambiente e Sustentabilidade da Universidade de Coimbra). 

O engenheiro civil António Tadeu, que atuou na equipe de projetistas do Itecons, fala dos desafios da obra. “A ideia inicial era a de uma ponte com cerca de 300 metros de vão e 90 metros acima do rio. A topografia local levou a uma primeira revisão do projeto. Por fim, as condições geológicas conduziram ao projeto original, com um vão 516,5 metros e uma altura acima do rio de cerca de 175 metros”, explica. 

O tabuleiro da ponte exclusiva para pedestres conta com 127 seções metálicas sustentadas por cabos secundários ligados aos cabos de aço principais, os quais estão fixados nas torres de concreto. Cada cabo principal é constituído por sete cabos de aço agrupados por placas metálicas. A passarela da ponte pedonal de Arouca mede 1,2 metro e foi projetada para suportar simultaneamente 1.825 pessoas – levando em conta o peso médio de 75 quilos. 

Teste em túnel de vento definiu tipo de pavimento para o tráfego de pedestres na 516 Arouca 

A 516 Arouca tem vão de 516 metros, e só perde para a ponte pedonal Baglung Parbat, no Nepal, com vão de 567 metros Crédito: Câmara Municipal de Arouca

A 516 Arouca tem vão de 516 metros, e só perde para a ponte pedonal Baglung Parbat, no Nepal, com vão de 567 metros
Crédito: Câmara Municipal de Arouca

Uma ponte em escala menor foi construída e testada no túnel de vento do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, em Lisboa-Portugal. Após os testes foi sugerido que o pavimento para o tráfego de pedestres fosse do tipo grelha metálica para não oferecer resistência ao vento e tornar a estrutura mais estável. O projeto da ponte foi concebido em 2016, as obras começaram em 2018 e a conclusão ocorreu no final de 2020 

inauguração oficial aconteceu dia 2 de maio de 2021. O custo da obra ficou em 2,3 milhões de euros, com 800 mil euros financiados pela União Europeia. A expectativa é que a ponte se torne um dos principais pontos turísticos de Portugal durante o verão no hemisfério norte. Os ingressos custam 10 euros para crianças acima de 6 anos e jovens até 17 anos, assim como idosos. Adultos até 65 anos pagam 12 euros. Moradores locais pagam 5 euros a cada 3 anos para transitar pela ponte. 

A ponte pedonal nasce com uma polêmica. Reivindica ser a maior do mundo com essas características, mas descobriu-se que no Nepal a ponte Baglung Parbat tem vão de 567 metros. Assim, a 516 Arouca, como foi batizada a estrutura portuguesa, pode ser chamada de a maior do ocidente. No Brasil, a maior ponte pedonal é a estrutura metálica construída em 1889, em São Fidélis-RJ. Primeiramente, ela era uma ponte ferroviária e depois atendeu ao tráfego rodoviário da cidade, quando ficou conhecida como a “ponte de um carro só”. Em 2020, foi reinaugurada apenas para o tráfego de pedestres e bicicletas. A estrutura cruza o rio Paraíba do Sul e tem 440 metros. As 10 maiores pontes pedonais do mundo, considerando a extensão do vão, são as seguintes:

1. Baglung Parbat, Nepal – 567 metros
2. 516 Arouca, Portugal – 516 metros
3. Represa Wanjiazhai, China – 500 metros
4. Charles Kunonen, Suíça – 494 metros
5. Kushma Bungy, Nepal – 490 metros
6. Huangchuansanxia Glass, China – 460 metros
7. Barragem Rappbode, Alemanha – 458 metros
8. Daqingshan Glass Footbridge, China – 450 metros
9. Longguwan Glass Footbridge, China – 445 metros
10. Glass Hongyagu, China – 445 metros 

Assista ao vídeo da 516 Arouca

Veja vídeo da ponte pedonal de São Fidélis, no Rio de Janeiro

Entrevistado
Itecons (Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico para a Construção, Energia, Ambiente e Sustentabilidade da Universidade de Coimbra) (via assessoria de imprensa) 

Contato
itecons@itecons.uc.pt 

Jornalista responsável:
Altair Santos MTB 2330

25 de maio de 2021

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil