A um ano da Copa do Mundo, veja as obras no Catar 

Dos 8 estádios que irão sediar jogos do torneio da Fifa, 6 estão concluídos; país já investiu US$ 138 bilhões
17 de novembro de 2021

A um ano da Copa do Mundo, veja as obras no Catar 

A um ano da Copa do Mundo, veja as obras no Catar  1024 1024 Cimento Itambé
O estádio Al Janoub fica na cidade de Al Wakrah e foi projetado para 40 mil lugares Crédito: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy

O estádio Al Janoub fica na cidade de Al Wakrah e foi projetado para 40 mil lugares
Crédito: Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy

Se dependesse do ritmo das obras, a Copa do Mundo no Catar, que será disputada de 21 de novembro a 18 de dezembro de 2022, nem precisaria esperar mais um ano para começar. Quase toda a infraestrutura planejada para o evento já está concluída. Dos 8 estádios que receberão jogos, 6 já foram inaugurados. Os demais devem ficar prontos até o final do 1º trimestre de 2022, assim como as novas linhas de metrô e outros projetos que facilitam a mobilidade urbana no país árabe.  

O mais recente estádio concluído é Al Thumama, que ficou pronto no final de outubro. A arena localizada em Doha, capital do Catar, tem 40 mil lugares e formato que imita um chapéu tradicional usado pelos árabes, chamado de gahfiya. Os outros estádios já prontos para a Copa do Mundo são o Khalifa International, o Al Janoub, o Education City, o Ahmad Bin Ali e o Al Bayt. Todos possuem sistema para resfriar o ar nas arquibancadas e no campo. A tecnologia utiliza grandes ventiladores alimentados por energia solar. 

Construído com estruturas de aço e contêineres, o Ras Abu Aboud fica em Doha, está em construção e terá 40 mil lugares Crédito: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy

Construído com estruturas de aço e contêineres, o Ras Abu Aboud fica em Doha, está em construção e terá 40 mil lugares
Crédito: Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy

Após o evento da Fifa, os estádios da Copa do Catar serão desmontados parcialmente ou integralmente. O Al Thumama, por exemplo, ficará com 20 mil lugares e a área que será retirada dará lugar a um hotel. As partes desativadas dos estádios não serão demolidas, mas doadas para países pobres da África e da Ásia, através de programas da Fifa para a disseminação do futebol. 

Construção industrializada de concreto é predominante nos projetos dos estádios 

Todos os 8 estádios utilizaram a pré-fabricação e a construção modular para serem erguidos. Quatro deles – os que comportam mais público – foram 100% construídos com elementos pré-fabricados de concreto (Khalifa International, Education City, Al Thumama e Lusail). Três (Al Bayt, Al Janoub e Ahmad Bin Ali) usam sistemas mistos de concreto e aço em seus projetos e um deles, o Ras Abu Aboud, utiliza estruturas de aço e contêineres.

Localizado em Doha, o Khalifa International já existia e foi reformado para receber 40 mil torcedores. A reinauguração aconteceu em 2017 Crédito: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy

Localizado em Doha, o Khalifa International já existia e foi reformado para receber 40 mil torcedores. A reinauguração aconteceu em 2017
Crédito: Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy

Os estádios que estão na reta final de execução são o Lusail, com capacidade para 80 mil lugares, e que será o palco da final da Copa do Mundo, e o Ras Abu Aboud. O Catar priorizou a mobilidade urbana. Por isso, a maior distância a ser percorrida entre os estádios equivale a uma hora de deslocamento por via terrestre. Cinco localizações foram contempladas como cidades-sede: Doha, que tem 3 estádios (Khalifa International, Al Thumama e Ras Abu Aboud); Al Rayyan, com 2 estádios (Education City e Ahmad Bin Ali), e Lusail, Al Khor e Al Wakrah.

Com população de quase 2,3 milhões de habitantes, o Catar atualmente é considerado o país mais rico do Oriente Médio. O investimento para promover a Copa do Mundo já está em 138 bilhões de dólares. Além de construir os estádios e a infraestrutura de mobilidade urbana, o país colocou em pé a cidade de Lusail – a primeira cidade-inteligente do mundo árabe – e viabilizou uma ferrovia com trens de alta velocidade que percorre 1.940 quilômetros e liga o Catar a outros 5 países: Omã, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Kuwait e Bahrein.

Inaugurado dia 22 de outubro, o Al Thumama comporta 40 mil pessoas é um dos 3 estádios que fica em Doha Crédito: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy

Inaugurado dia 22 de outubro, o Al Thumama comporta 40 mil pessoas é um dos 3 estádios que fica em Doha
Crédito: Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy

Entrevistado
Supremo Comitê da Copa de 2022 (Supreme Committee for Delivery & Legacy) (via assessoria de imprensa) 

Contato
media@sc.qa 

Jornalista responsável:
Altair Santos MTB 2330

Na cidade de Al Rayyan foi construído o Ahmad Bin Ali, com capacidade para 40 mil lugares Crédito: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy

Na cidade de Al Rayyan foi construído o Ahmad Bin Ali, com capacidade para 40 mil lugares
Crédito: Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy

O Education City tem capacidade para 40 mil lugares e também está localizado em Al Rayyan Crédito: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy

O Education City tem capacidade para 40 mil lugares e também está localizado em Al Rayyan
Crédito: Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy

Localizado na cidade de Al Khor, o estádio Al Bayt tem capacidade para 60 mil lugares Crédito: Qatar's Supreme Committee for Delivery & Legacy

Localizado na cidade de Al Khor, o estádio Al Bayt tem capacidade para 60 mil lugares
Crédito: Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy

17 de novembro de 2021

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil