Parque linear de concreto transforma cena urbana de Miami

The Underline revitaliza área de 16 quilômetros embaixo do metrô elevado da cidade norte-americana
20 de outubro de 2021

Parque linear de concreto transforma cena urbana de Miami

Parque linear de concreto transforma cena urbana de Miami 1000 678 Cimento Itambé
Fase 1 do Underline foi inaugurada em 2021, alterando a cena urbana de uma área negligenciada de Miami Crédito: The Underline/Robin Hill

Fase 1 do Underline foi inaugurada em 2021, alterando a cena urbana de uma área negligenciada de Miami
Crédito: The Underline/Robin Hill

Underline é um parque linear de 16 quilômetros localizado abaixo do metrô elevado de Miami, nos Estados Unidos. Além de calçadas e ciclovias, o projeto urbano conta com espaços para a prática de esportes e áreas verdes. Desde fevereiro de 2021, um trecho do Underline já está liberado para o público. O cronograma de obras prevê que o parque linear será construído em 3 etapas. A próxima será inaugurada em 2023 e a previsão é que esteja 100% concluído em 2025.

A obra de mobilidade urbana é mais do que uma área de lazer para Miami. Ela vai melhorar a acessibilidade em oito estações do metrô elevado. Atenderá diretamente 107 mil moradores da região e permitirá o acesso ao transporte público para uma universidade, 24 escolas, 2 hospitais, 3 unidades de atendimento de urgência, 4 shopping centers e 10 mil empresas. Além disso, vai melhorar o tráfego em 30 cruzamentos e modernizar a iluminação pública no entorno do parque linear. 

Além de espaço para a prática de esporte, o Underline vai melhorar a mobilidade urbana ao longo de 16 quilômetros Crédito: The Underline/Robin Hill

Além de espaço para a prática de esporte, o Underline vai melhorar a mobilidade urbana ao longo de 16 quilômetros
Crédito: The Underline/Robin Hill

O projeto envolve também a recuperação ambiental da região que cerca o Underline. Serão plantadas 100 mil novas plantas e árvores ao longo dos 16 quilômetros. A iniciativa para construir o parque nasceu em 2014, através de moradores da região, que fundaram a organização sem fins lucrativos Friends of The Underline. Em 2016, o projeto foi aceito pela prefeitura de Miami e orçado em 120 milhões de dólares. O financiamento foi viabilizado por uma parceria público-privada e o projeto é assinado pelo escritório nova-iorquino de arquitetura e paisagismo James Corner Field Operations. 

Atropelamento em 2013 desencadeou projeto que resultou na construção do parque

Para Meg Daly, que liderou a iniciativa de fundação da Friends of The Underline, o Underline é também uma vitória pessoal. Em 2013, ela foi atropelada quando andava de bicicleta em Miami. Com um braço quebrado, e sem conseguir dirigir automóvel, passou a utilizar o metrô elevado da cidade e percebeu o quanto a área abaixo dos trilhos estava degradada. “Era um caminho negligenciado, sujo e hostil. Hoje vemos que o espaço que estava morto abaixo da linha do metrô se reinventou e passa a melhorar a qualidade de vida das pessoas”, diz Meg Daly. 

Projeção de como ficará o Underline quando a fase 3 estiver concluída, em 2025 Crédito: The Underline/Field Operations

Projeção de como ficará o Underline quando a fase 3 estiver concluída, em 2025
Crédito: The Underline/Field Operations

A ideia inspiradora estimula iniciativas semelhantes em outras cidades dos Estados Unidos e do mundo. No Brasil, por exemplo, o projeto de urbanismo do monotrilho em construção na cidade de São Paulo também prevê o aproveitamento da área abaixo das estruturas de concreto para melhorar a mobilidade urbana de ciclistas e pedestres. No entanto, a obra ficou paralisada por quase 3 anos e só começou a ser retomada em setembro de 2021, com previsão de que seja concluída em 2023. 

monotrilho de São Paulo vai se movimentar sobre vigas elevadas de concreto, com 30 metros cada uma. O projeto prevê a instalação de 573 vigas para uma linha que percorrerá pouco mais de 17 quilômetros. Antes da paralisação da obra foram instaladas 436 peças pré-moldadas. Faltam 137 para que toda a estrutura esteja pronta. O trecho da fase final da obra vai ligar o Aeroporto de Congonhas às linhas de metrô e trem que passam paralelamente à Marginal Pinheiros. 

Monotrilho na cidade de São Paulo: projeto original prevê construção de um parque linear Crédito: Metrô CPTM

Monotrilho na cidade de São Paulo: projeto original prevê construção de um parque linear
Crédito: Metrô CPTM

Entrevistado
Parceria Público-Privada The Underline, gestora das obras do parque linear em Miami-EUA (via assessoria de imprensa) 

Contato
hello@theunderline.org

Jornalista responsável:
Altair Santos MTB 2330

20 de outubro de 2021

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil