Jeddah Tower: obra do prédio mais alto do mundo parou. Por quê?

Edifício deveria ser inaugurado em 2020, mas atualmente ninguém arrisca prever quando será concluído
17 de fevereiro de 2021

Jeddah Tower: obra do prédio mais alto do mundo parou. Por quê?

Jeddah Tower: obra do prédio mais alto do mundo parou. Por quê? 1024 737 Cimento Itambé
Imagem de janeiro de 2021 mostra como está o Jeddah Tower atualmente: nenhuma movimentação na obra Crédito: Jeddah Economic Company

Imagem de janeiro de 2021 mostra como está o Jeddah Tower atualmente: nenhuma movimentação na obra
Crédito: Jeddah Economic Company

O projeto do Jeddah Tower foi lançado em 2013 com a pretensão de ser o prédio mais alto do mundo. Prevê alcançar 1.008 metros e consumir 515 mil m³ de concreto, superando o Burj Khalifa, que tem 828 metros de altura e 330 mil m³ de concreto em suas estruturas. O início da construção sofreu atrasos, mas acelerou em 2015 e seguiu até o começo de 2018, quando paralisou. A previsão era que o edifício fosse inaugurado no final de 2020, mas agora nem os construtores nem o governo da Arábia Saudita arriscam dizer quando as obras serão concluídas.

Quem passa pela cidade de Jeddah vê que apenas 1/4 da edificação está em pé. A torre inacabada chegou aos 256 metros de altura e enfrenta outro obstáculo: a pandemia de COVID-19. Os recursos para viabilizá-la reduziram sensivelmente por causa de outras prioridades para combater a doença. Além disso, um de seus incorporadores é a Bill Gate’s Cascade Investment Management, com 47,5% de participação. A empresa leva o nome de Bill Gates, o 3º homem mais rico do mundo. O problema é que o multibilionário mudou o foco: passou a investir em projetos com baixa emissão de carbono, o que não é o caso da Jeddah Tower.

O diretor do escritório Thornton Tomasetti, Robert Sinn – responsável pelo projeto estrutural do prédio -, confirma que atualmente é impossível estabelecer uma data para a conclusão da obra. “O projeto da torre foi interrompido há cerca de dois anos, mas temos esperança de que recomece este ano (2021)”, comenta. Para não dizer que a construção está 100% paralisada, o projeto de urbanização em torno da edificação segue em andamento, mas em ritmo lento. Estima-se que a produtividade do canteiro de obras, na comparação com o que seria se o Jeddah Tower estivesse em execução plena, não chegue a 10%.

Mesmo com futuro incerto, estrutura já construída do edifício é superlativa 

Jeddah Tower foi projetado para atingir 1.008 metros de altura, com uso da tecnologia de paredes de concreto Crédito: Jeddah Economic Company

Jeddah Tower foi projetado para atingir 1.008 metros de altura, com uso da tecnologia de paredes de concreto
Crédito: Jeddah Economic Company

Mesmo com a obra praticamente interrompida, a estrutura já construída é superlativa. Possui 270 estacas de concreto armado com 1,8 metro de diâmetro e resistência de 115 MPa, que atingem até 105 metros de profundidade. Elas sustentam uma fundação em formato de jangada, também em concreto armado, com 5 metros de espessura. Esse conjunto foi projetado para suportar uma carga de 860.000 toneladas.

Outra característica do edifício é que ele não possui pilares. Como o desenho arquitetônico lembra um “Y”, o Jeddah Tower tem um núcleo de concreto de onde partem paredes de concreto com resistência de 85 Mpa, e que formam o corpo da estrutura. Com a tecnologia de paredes de concreto, os projetistas estimavam que poderiam consolidar um pavimento a cada 14 dias. No entanto, os primeiros 25 andares avançaram ao ritmo de 1 pavimento a cada 35 dias.

Além da Bill Gate’s Cascade Investment Management, a incorporação do edifício também tem a participação da Jeddah Economic Company. Já a empreiteira responsável pela execução é a Saudi Binladin Group. Há ainda um pool de empresas britânicas, alemãs e norte-americanas ligadas ao projeto, para fornecer tecnologias que serão agregadas à construção. No auge da obra, entre 2015 e 2017, o canteiro de obras do Jeddah Tower chegou a empregar 9 mil trabalhadores da construção civil.

Entrevistado
Saudi Binladin Group e Jeddah Economic Company (via departamentos de comunicação)

Contato
info@sbg.com.sa 
info@jec.sa

Jornalista responsável:
Altair Santos MTB 2330

17 de fevereiro de 2021

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil