De olho no futuro

De olho no futuro

De olho no futuro 150 150 Cimento Itambé

Convênio entre Itambé e UFPR possibilita aos futuros engenheiros civis conhecimento prático da aplicação do cimento

Educação e conhecimento são vetores das mudanças que podem desencadear a transformação das sociedades. O investimento na formação dos profissionais da Construção Civil, por exemplo, é fundamental para viabilizar o aumento da competitividade e caminho inequívoco para o abrandamento de problemas críticos, como o déficit habitacional e o desemprego.

Dentro dessa realidade, é cada vez mais crescente a necessidade de se criar um ambiente propício para o desenvolvimento desses novos profissionais com formação de qualidade. Desde o dia oito de março estudantes de Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal do Paraná têm a possibilidade de ter um contato maior com a realidade do mercado e de ampliar os testes de materiais feitos em laboratório.

Um convênio assinado entre a Itambé e a UFPR permitirá aos futuros engenheiros conhecimento prático na aplicação racional e eficiente do cimento como material base. Estão previstas oito aulas de laboratório sobre agregados, oito aulas de laboratório sobre cimento e três aulas teóricas, além do empréstimo de equipamentos para aulas práticas, visitas à fábrica, central de concreto e doação de cimento.

A coordenadora do convênio e professora de Materiais de Construção, Marienne do Rocio de Melo Maron da Costa explica que neste primeiro momento a parceria se aplica a esta disciplina do Curso de Graduação, mas a expectativa é de que em breve seja expandida para todo o curso de Engenharia Civil. “Vai dar uma incrementada nas aulas práticas porque vamos utilizar equipamentos que ainda não dispomos nos laboratórios”, diz, enfatizando que a nova oportunidade também será para os professores, pois poderão trabalhar com métodos e aparelhos modernos.

Para a Itambé, a parceria mostra a preocupação da Empresa com a formação acadêmica dos futuros profissionais. “A Itambé sempre procurou estar presente no dia-a-dia das instituições de ensino, seja através de apoio técnico ou de patrocínio. Agora temos a oportunidade de contribuir diretamente na formação dos estudantes, emprestando nosso know-how para que os futuros profissionais tenham desde cedo um contato mais apropriado com o cimento, que é o principal insumo da construção civil”, enfatiza Lycio Vellozo, diretor comercial da Itambé.

Jornalista Responsável: Rosemeri Ribeiro Mtb. 2696

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA
Geral
Comprovado: pavimento de concreto emite menos CO2

O Banco Mundial aponta que existem quase 45 milhões de quilômetros de rodovias pavimentadas no planeta – a maioria em asfalto. Isso levou o Centro de Sustentabilidade do Concreto do MIT (do inglês, Concrete Sustainability Hub [CSHub]) a medir o impacto ambiental causado pelo tráfego constante dos veículos sobre as estradas. A conclusão do trabalho no Massachusetts Institute of Technology (MIT) revela porque o pavimento […]

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil