Indústria do cimento cria rede mundial de inovação

Associação Global de Cimento e Concreto busca se aproximar das pesquisas em universidades e instituições científicas

Indústria do cimento cria rede mundial de inovação

Indústria do cimento cria rede mundial de inovação 1024 683 Cimento Itambé
Benjamin Sporton, CEO da GCCA: com a Innovandi reuniremos as melhores mentes de todos os cantos do mundo do cimento e do concreto Crédito: GCCA

Benjamin Sporton, CEO da GCCA: com a Innovandi reuniremos as melhores mentes de todos os cantos do mundo do cimento e do concreto
Crédito: GCCA

A conferência anual da Associação Global de Cimento e Concreto (GCCA, do inglês Global Cement and Concrete Association), que aconteceu dia 10 de outubro, em Cingapura, marcou o lançamento da Innovandi – Rede Global de Pesquisa em Cimento e Concreto. O objetivo é tratar das inovações em curso na indústria do setor. Temas como desenvolvimento tecnológico, captura, uso e armazenamento de CO2, técnicas de construção, design e arquitetura, melhorias no processo de fabricação, novos agregados e aditivos estarão na pauta da GCCA. 

A rede Innovandi também pretende conectar o setor com universidades e instituições científicas para impulsionar pesquisas. “Nossa indústria está totalmente comprometida em tomar medidas para reduzir as emissões de CO2. Como tal, a Innovandi é uma iniciativa liderada pela indústria e reunirá as melhores mentes de todos os cantos do mundo do cimento e do concreto, da academia e dos negócios. Juntos, colaboraremos verdadeiramente em escala global e usaremos nossa experiência para encontrar novas maneiras de trabalhar e desenvolver inovações eficazes”, diz Benjamin Sporton, CEO da GCCA.

O dirigente afirma ainda que a meta é, além de manter o concreto como o material de construção mais usado do mundo, assegurar que ele seja sustentável. “Isso realmente ajudará a garantir que o concreto se torne o material de construção sustentável preferido para as necessidades futuras do mundo”, discursa Sporton. Como parte da nova iniciativa, a GCCA também pretende estabelecer uma conferência global anual da Innovandi para promover a colaboração em inovação e pesquisa no setor. A sede do encontro de 2020 ainda não foi definida.

Até 2030, planeta deve consumir mais 4,8 bilhões de toneladas anuais de concreto

Entre as pesquisas que a rede Innovandi vai incentivar estão as que envolvem coprocessamento, eficiência da produção de clínquer, ligantes alternativos, tecnologia de concreto com baixo teor de carbono e redução de CO2 por meio da recarbonatação. “O setor tem uma longa e orgulhosa história de inovação, pesquisa e desenvolvimento. No entanto, a Innovandi acelerará esse bom trabalho e aproximará mais o pensamento inteligente. Dada a urgência do desafio, é a coisa certa a fazer e estou satisfeito por dar um passo tão forte ao lançar a Rede Global de Pesquisa em Cimento e Concreto”, assegura Wolfgang Dienemann, co-presidente do grupo de trabalho de inovação da GCCA.

Além de fabricantes de cimento e concreto, a Innovandi pretende atrair especialistas em aditivos e fornecedores de equipamentos. Para os conferencistas que estiveram no encontro anual da GCCA, é necessário um esforço conjunto para garantir que nos próximos 11 anos o planeta consuma de forma sustentável mais 4,8 bilhões de toneladas anuais de concreto. Esse é o volume estimado pela Associação Global de Cimento e Concreto para que a população mundial assegure a expansão da infraestrutura básica, como casas, escolas e hospitais, até 2030. “Os líderes da indústria de cimento estão plenamente conscientes dos problemas relacionados à sustentabilidade, mas não podemos resolvê-los individualmente. Precisamos formar novas parcerias e alavancar as diversas competências”, finaliza Benjamin Sporton.

Entrevistado
Reportagem com base no relatório da conferência anual da Associação Global de Cimento e Concreto (via assessoria de imprensa)

Contatos
info@gccassociation.org
www.gccassociation.org

Jornalista responsável: Altair Santos MTB 2330

VEJA TAMBÉM NO MASSA CINZENTA

MANTENHA-SE ATUALIZADO COM O MERCADO

Cadastre-se no Massa Cinzenta e receba o informativo semanal sobre o mercado da construção civil